• 2019
  • portada

Turistas vindos de Andaluzia, Navarra e Zamora durante uma das visitas realizadas no domingo - 29 de Dezembro de 2019.

 O projeto turístico de visitas guiadas pelas adegas subterrâneas de Fermoselle (Zamora) despertou um grande interesse no público, que esgotou as reservas da primeira fase de visitas. Entre os primeiros visitantes, destacou-se a presença do humorista e locutor de rádio Álex Clavero no passado fim-de-semana.

Reservas: http://rutainternacionaldelvino.terraduero.info/

 “MOMENTOS ÚNICOS” consiste num projeto de enoturísmo de visitas guiadas pelo património subterrâneo de Fermoselle que aspira converter a vila num motor de desenvolvimento do território.

A Junta de Castela e Leão destaca a importância de valorizar as adegas subterrâneas de Fermoselle com a presença da Diretora Geral de Turismo, Estrella Torrecilla Crespo e com o Subdelegado do Governo em Zamora, Ángel Blanco García, durante a inauguração.

A vila das 1000 adegas despertou grande interesse no público desde o momento de inauguração, esgotando assim as reservas da primeira fase de visitas: http://rutainternacionaldelvino.terraduero.info/

Álex Clavero, “El FrancotiraRock” da emissora de rádio espanhola Rock FM, foi o protagonista das visitas no passado fim-de-semana numa rota por 5 das 12 adegas que compõem a primeira fase do projeto.

A iniciativa do AECT Duero-Douro é um dos produtos turísticos da Rota Internacional do Vinho VinDuero e TerraDuero: Turismo & Património que pretendem posicionar a fronteira hispano-lusa como um destino turístico de qualidade a nível internacional.

O AECT Duero-Douro uniu forças com a Autarquia de Fermoselle, viticultores e empresários da região para dar a conhecer o património oculto que este município atesoura.
09.01.2019.- protagonizado pelo AECT Duero-Douro, Fermoselle abre aos turistas o património oculto escondido no seu subsolo através de visitas guiadas pelas adegas subterrâneas denominadas por “MOMENTOS ÚNICOS”. Uma atividade enquadrada nos Projetos Rota Internacional do Vinho VinDuero e TerraDuero: Turismo & Património, levados a cabo pelo AECT Douero-Douro.

Desde a inauguração na passada sexta-feira, dia 27 de dezembro de 2019, a iniciativa MOMENTOS ÚNICOS tem tido uma boa aceitação, despertando grande interesse entre os turistas que lotaram as vagas do primeiro leque de reservas. Os visitantes podem reservar a sua visita através do website http://rutainternacionaldelvino.terraduero.info/
Entre as últimas visitas pela “Vila das 1000 adegas”, destacou-se a protagonizada pelo afamado locutor de rádio conhecido como “FrancotiraRock” da emissora espanhola Rock FM, Álex Clavero, no passado fim-de-semana.

As visitas, que levam o visitante a descobrir a história, cultura, gastronomia, arquitetura ancestral tradicional e o enoturismo mais bem guardado da localidade, são guiadas em espanhol e em português pelos guias turísticos Adrián Pérez, Gestor de Património Arquitetónico, Museus e Mercado de Arte e Filipa Melo, Mestre em Gestão e Planeamento em Turismo, respetivamente.

Durante a cerimónia inaugural acompanharam o Alcaide, José Manuel Pilo Vicente e o Diretor Geral do AECT Duero-Douro José Luis Pascual vários produtores e representantes políticos da região fronteiriça. Entre estes últimos destacou-se a presença de Estrella Torrecilla Crespo, Diretora Geral de Turismo da Junta de Castela e Leão, bem como Ángel Blanco García Subdelegado do Governo em Zamora e Benigno Garrido Marcos do departamento de Planeamento Estratégico e Marketing da Junta de Castela e Leão e especialista no setor do vinho. Marcaram também presença vários Alcaides, Presidentes e Vice-Presidentes de Autarquias espanholas e portuguesas sócias do Agrupamento.

Nas suas intervenções, as autoridades quiseram destacar o potencial de Fermoselle e a necessidade de valorizar a riqueza do território. O Alcaide de Fermoselle assinalou que “temos que dar a conhecer os nossos valores endógenos: Parque Natural, Reserva da Biosfera, Área Natura 2000, Lugar de Interesse Comunitário (LIC), Zona de Proteção Especial (ZEP), … Possuímos todos os títulos, agora só precisamos de dizer: venham visitar-nos!”

Fermoselle é uma vila fortificada construída sobre um maciço de pedra cujo interior esconde uma arquitetura tradicional ancestral de enorme valor. Vários quilómetros de galerias e passagens subterrâneas percorrem as profundezas da localidade, onde as adegas se entrelaçam criando uma vasta rede subterrânea de grande riqueza patrimonial. A abertura deste património oculto aos turistas era uma das aspirações sonhadas desde há muito e que Fermoselle conseguiu concretizar devido à iniciativa do AECT Duero-Douro. “TerraDuero é a marca turística da fronteira. O que fazemos é multiplicar atividades, culturas e tradições de ambos os lados da Raia. Desta forma, qualquer turista poderá desfrutar de Fermoselle e estar no outro lado da fronteira em menos de meia hora. A fronteira, hoje em dia simbólica, foi e sempre será um atrativo, um aliciente para o progresso do território” descrevia o Diretor Geral do AECT Duero-Douro, José Luis Pascual Criado durante o seu discurso.

Nesta primeira fase do projeto estão integradas uma dúzia de adegas que, num futuro próximo, se ampliará e serão complementadas com outras atividades enoturísticas como provas de vinho personalizadas onde se poderá degustar, como valor acrescentado, produtos endógenos e visitas temáticas, como a já preparada rota temática pelas adegas que apresentam vestígios judeus, denominada “Os 7 degraus do vinho”. Estas atividades concebem-se como um novo aliciente turístico e motor de desenvolvimento que, segundo a Diretora Geral de Turismo, Estrella Torrecilla Crespo, “Eu, que já visitei Fermoselle em numerosas ocasiões como Guia de Turismo, desconhecia grande parte destas adegas que realmente unem as suas ruas. Se se fosse colocar as placas das ruas no subsolo, estaríamos a passear por Fermoselle subterrâneo. Esta é uma rede de labirintos magnífica, e a união do enoturismo com a arquitetura ancestral pode ser um recurso turístico de alta qualidade. Fermoselle tem talvez mais galerias subterrâneas que à superfície.”

Fermoselle possui um património cultural formado por um entrançado de ruas labirínticas que foi um dos últimos redutos judeus da Espanha da Reconquista, contando com numerosos vestígios ocultos dessa época que poderão ser descobertos por todos aqueles interessados graças à Marca Turística de Destino TerraDuero e à Rota Internacional do Vinho VinDuero. Nas palavras de Benigno Garrido Marcos, do departamento de planeamento estratégico e marketing da Junta de Castela e Leão e especialista no setor do vinho, “Fermoselle tem um tesouro debaixo de terra, existem autênticas catedrais nas suas profundezas. É uma localidade feita de pedra. Tem um património etnográfico maravilhoso que se move em torno do vinho. Momentos Únicos não só irá fomentar o turismo, como também o setor produtor de vinho.”

MOMENTOS ÚNICOS realiza as visitas durante todos os fins-de-semana (sábados e domingos na parte da manhã e da tarde), para dar a conhecer o extraordinário património subterrâneo de Fermoselle. Estas atividades têm como principal objetivo o desenvolvimento rural e a valorização do potencial turístico do território. Neste sentido, Fermoselle constitui-se como uma peça chave no conjunto de municípios atrativos para o turista, não só pelo seu carácter fronteiriço com Portugal como também como uma varanda natural desde a qual se assoma ao Parque Natural Arribes del Duero. E aludindo ao desenvolvimento rural e ao problema do despovoamento do território, o Subdelegado do Governo em Zamora, Ángel Blanco García sublinhou que “o rural é completamente necessário para o urbano”. Nesta linha, assinalou que “a Estratégia Nacional Frente ao Desafio Demográfico pretende ter em conta o impacto demográfico no momento de fazer leis, planos ou programas de investimento”. Destacou ainda que “Fermoselle é uma localidade empreendedora e dinâmica que possui uma empresa por cada catorze habitantes e a abertura das adegas ao interesse turístico é mais um passo para a luta contra o êxodo rural”.

Fermoselle reincorporou-se ao Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Duero-Douro no passado dia 19 de outubro de 2019. Somando-se aos 215 municípios espanhóis e portugueses que fazem parte da Entidade e elevando para 86 o número de localidades enquadradas no Projeto de turismo e património TerraDuero. Esta localidade beneficia assim da Central de Reservas TerraDuero, uma plataforma pioneira onde as empresas aderentes oferecem os seus serviços aos usuários, permitindo-lhes realizar buscas, fazer reservas e pagamentos diretamente na plataforma, facilitando a oferta e o acesso a serviços turísticos no território. Enquadra ainda o projeto Rota Raia Norte, uma iniciativa de turismo itinerante formada por 25 municípios espanhóis e portugueses que consiste na construção de áreas de serviço para autocaravanas e carrinhas de campismo, e também a nova iniciativa MOMENTOS ÚNICOS levada a cabo pela Rota Internacional do Vinho VinDouro.