• 2019
  • portada

Caretos de Ousilhão (Vinhais, Portugal).

Os Rituais Ancestrais das provincias de Portugal e Espanha serão representados neste Encontro. Cáceres, Zamora, Ourense, León e Palencia (Espanha), bem como Bragança, Aveiro e Viseu (Portugal) confirmam a sua presença com os seus grupos. O Chocalheiro de Bemposta será o anfitrião do Encontro, bem como outros grupos de interesse turístico nacional vindos de ambos os países.

Sexta, 7 de fevereiro de 2020 - O AECT Duero-Douro e a Associação Maschocalheiro de Bemposta organizam a segunda edição de um dos maiores Encontros de Rituais Ancestrais da Península Ibérica, que reúne mais de 40 grupos de mascarados, caretos e gaiteiros, representativos de várias regiões dos dois países.

A aldeia portuguesa de Bemposta será a anfitriã, que começará as atividades às 14h00 (horário local), com a abertura do mercado temático de rua, onde mais de 40 artesãos e produtores de ambos os países terão uma grande variedade de produtos tradicionais e regionais para venda ao público, ao longo do dia do evento. O desfile, marcado para as 15h, será presidido pelo Chocalheiro de Bemposta, que levará ao restante dos Grupos de Mascarados e Caretos, acompanhado pelos Gaiteiros, por todas as ruas da tradicional aldeia, para terminar, novamente, no local de início do desfile, junto ao palco onde será feito um acto de acalmação e agradecimento a todos os grupos participantes, que ocorrerá pelas 18h. Uma hora depois, às 19h00, a Associação Maschocalheiro oferecerá um jantar de convívio para todos os participantes, que poderão aproveitar a noite acompanhada de uma performance musical de “Beche i Chiba”. O fecho deste encontro será por volta das 22h.

O evento promove a grande diversidade de cultura ibérica no que diz respeito às festas pagãs. Nestas festas de inverno, os rituais ancestrais das províncias de Cáceres, Zamora, Ourense, León e Palencia serão representados pelo lado espanhol e pelos distritos de Bragança, Aveiro e Viseu em Portugal. Destacamos, é claro, o O Chocalheiro de Bemposta, um ritual que começa com o "leilão" para conhecer a pessoa que escolherá a "personagem", que irá usar a máscara nos dias 26 de dezembro e 1 de janeiro. Esta é uma das máscaras mais emblemáticas e de maior valor antropológico. Além disso, chama a atenção pelo contraste de core,s entre vermelho e preto e por ser o mais expressivo e rico em simbolismo.

De ressaltar ainda as representações originais das províncias de Cáceres, como os grupos El Jarramplas de Piornal e Carantoñas de Acehuche, de Interesse Turístico Nacional. Jarramplas é um personagem vestido com um casaco e calças, nas quais penduram penduram uma infinidade de fitas multicoloridas. Todo os anos, no dia 20 de janeiro, Jarramplas faz um passeio pelas ruas de Piornal, tocando um tambor, enquanto os vizinhos atiram legumes e verduras (como punição por ser considerado ladrão de gado). Antigamente eram atiradas batatas. No entanto, hoje em dia são atirados nabos, tornando-se esta numa atividade de destaque, já que todas as pessoas, por norma, tem vários kilos deste para poder atirar, conforme a tradição manda, a esta personagem. 

Outra das máscaras participantes, também consideradas de Interesse Turístico Nacional, são Os Cigarróns de Verín (Ourense), personagens característicos do Entroido (Carnaval) da localidade mencionada. Esses personagens têm o rosto coberto com a máscara feita de madeira e pintada em cores vivas, que se estende a uma espécie de mitra de metal com motivos de estrelas ou animais, tais como o leão, lobos, vacas ou bois.

Os Jurrus e Antruejo de Alija del Infantado (León), A Banda de Gaitas As Portelas de Lubián (Zamora) ou o Zangarrón de Montamarta (Zamora) serão algumas das principais máscaras do Encontro, juntamente com os grupos de máscaras e caretos Portugueses - de Vinhais, Ilhavo, Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro, Torre Dona Chama e Lazarim.

Além dessa exaltação e valorização das tradições mais antigas e ancestrais de ambos os países, o II Encontro de Rituais Ancestrais promove o desenvolvimento social e económico desta grande região transfronteiriça, rica em património, cultura e espaços naturais.

Esta segunda edição do Encontro duplicou o número de grupos participantes face ao ano anterior, graças ao impulso dado pela parceria do AECT Duero-Douro à organização da Maschocalheiro de Bemposta, representando uma amostra excepcional e ampla da diversidade cultural e geográfica do Território Ibérico, território este que abriga a fronteira mais antiga da Europa. Um território formado ao longo dos séculos pela passagem do tempo e do seu povo, que o encheu de uma rica herança intangível, que é um verdadeiro reflexo das experiências de pessoas que viveram nestas terras. Salamanca e Zamora preservaram quase intactas muitas das tradições ancestrais que os antpassados desenvolveram nas nossas aldeias. Festas pagãs antigas que mostram grande influência luso-espanhola entre si.

As máscaras representam tradições de profundo conteúdo espiritual, com diferentes simbolismos e uma auréola de mistério e medo que, acompanhados pelos nevoeiros típicos, envolvem os dias duros de inverno. Estas festas tradicionais de Inverno formam um conjunto relevante do Património Imaterial, bem como o conhecimento da sua história que não nos transporta apenas para o passado, mas também cria um futuro, já que conhecer essas tradições é o primeiro passo para apreciá-las, preservá-las e divulgá-las.

Neste sentido, no âmbito  do programa de Revalorização do Território e do Património Imaterial, o AECT Duero-Douro visa divulgar e disponibilizar a todos a enorme riqueza cultural deste património, estimado por séculos. Vale a pena visitar as nossas aldeias e, por isso, incentivamos os mais curiosos a conhecer a história e a cultura da velha Europa, numa perspectiva de proximidade, contada pelos próprios habitantes. Histórias que merecem ser ouvidas e que passam de geração em geração.

Esperamos por si neste sábado, 8 de fevereiro, em Bemposta (Mogadouro), no maior Encontro de Rituais Ancestrais de Portugal e Espanha.

Para mais informações:

AECT Duero-Douro:


- Célia Quintas: (+) 351 936600374. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

- Jennifer Marqués: (+) 34 923141504. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 Associação MasChocalheiro:


- Frederico Machado: (+) 351 917 637 809

- Vitor Hugo Gomes: (+) 938 580 184