• 2019
  • portada

Martín de Yeltes, Robleda, Herguijuela de Ciudad Rodrigo, Peñaparda, Agallas e Gallegos de Argañán, foram os primeiros municípios a beneficiarem das atividades atraentes deste autobus.

O objetivo deste projeto é promover a prevenção e sensibilização contra a violência de género, através da participação máxima de cidadãos do mundo rural e trabalhar lado a lado com crianças em idade escolar, jovens, pais, mães, avós, etc; bem como com pessoas de entidades sociais, educacionais, culturais, etc.

 As atividades procuram que seus participantes adquiram valores e atitudes sobre igualdade, respeito e dignidade, além de refletir sobre os mitos em torno dos papéis de género.

A campanha continuará até 30 de Junho para as seguintes cidades pertencentes às províncias de Zamora e Salamanca:
Alcañices, Almaraz de Duero, Almeida de Sayago, Carbajales de Alba, Castrillo de la Guareña, Castroverde de Campos, El Cubo de la Tierra del Vino, Fermoselle, Ferreruela de Tábara, Fonfría, Fresno de la Ribera, Hermisende, Lubián, Manzanal de Arriba, Mayalde, Melgar de Tera, Mieza, Molacillos, Mombuey, Montamarta, Morales de Toro, Morales del Rey, Pereña de la Ribera, Pías, Pino del Oro, Porto, Rábano de Aliste Riofrío de Aliste, Robleda-Cervantes, Samir de los Caños, San Pedro de la Nave-Almendra, Santa Croya de Tera, Videmala, Villabrázaro, Villamayor de Campos, Villardeciervos, Villasbuenas, Villaseco del Pan e Viñas.

Trabanca, 4 de fevereiro de 2010 - O Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Duero-Douro inicia a sua jornada pelas cidades ligadas à Campanha de Prevenção e Sensibilização da violência de género no mundo rural. A iniciativa do AECT Duero-Douro está enquadrada no Pacto Estadal contra a Violência de Género.

As ações a serem desenvolvidas incluirão conceitos e exercícios sobre responsabilidade doméstica, igualdade de oportunidades e género, machismo, sexismo e tarefas em família.

Além do público infantil, a campanha é destinada a adolescentes e ao público em geral.

Os mais novos podem desfrutar de um conjunto variado de jogos, onde terão a oportunidade de trocar papéis diferentes, colocar-se no lugar do outro, interagir com o grupo de colegas, refletir sobre as atividades do dia-a-dia e analisar mensagens discriminatórias internas em algumas histórias e filmes. Algumas dessas actividades são: Family Team: mude as regras do jogo, Videoforum: desmistificar contos - "O outro Lado da História"; Contadores de histórias: nem sapos, nem princesas, e a tua cara não me é estranha. 

Trata-se, assim, de promover atitudes e comportamentos iguais e identificar mensagens sexistas por meio de brincadeiras, trabalho em grupo e interação com outras crianças. Por outro lado, os adolescentes poderão beneficiar de atividades como o Detetógrafo, Ligando de Buen Rollo, Me Pitan los Oídos: Ni Mamita Ni Papi Chulo e Videoforum: A Disney enganou-nos; workshops sobre sexualidade, publicidade sexista, mitos, parceiros e atitudes apaixonadas.

Quanto ao público adulto, também serão promovidos debates analíticos, em torno de mitos, papéis de género e amor romântico, fomentando a igualdade no casal. Aqui, focaremos a atenção em outras iniciativas, tais como: Elas também fizeram história: a sua luta foi bonita, ser mãe e não super-mulher, cenas de casamento: histórias para não dormir, Cyber ​​rural: embaixadoras rurais...

Realçamos que todos estes workshops interativos serão desenvolvidos dentro do AutoBus por meio de Novas Tecnologias e serão complementados com a entrega de material promocional, recolha de questões/dúvidas, preparação de um mapa colaborativo e comunitário do território Duero-Douro, compilação de frases que promovam a igualdade e realização de fotografia em conjunto. 


Para mais informações, entre em contato com a coordenadora do projeto, Laura Pérez.

923 14 15 04


en el correo:
Laura Pérez: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Visita la web: www.duero-douro.com